Arborização Urbana

Imprimir
Noticias - Arquitetura e Construção
Qui, 17 de Novembro de 2011 16:38

Por Rose Aielo Blanco 


Praças, jardins e parques arborizados... parece um sonho nos grandes centros urbanos mas, apesar disso, não é um sonho impossível. O estudo e planejamento de projetos de arborização urbana utilizando árvores ornamentais pode ajudar a viabilizar o equilíbrio ecológico nas cidades. Quando bem adaptadas ao espaço e às condições climáticas do local, muitas árvores ornamentais podem ser utilizadas.


Eis alguns exemplos: 

Acacia mimosa (Acacia podalyriaefolia) - Apresenta rápido crescimento, produz cachos de flores amarelas e perfumadas durante o outono e inverno. As folhas são pilosas, pequenas e de formato arredondado, com tonalidade verde-prateado. Desenvolve-se bem sob sol pleno.(foto abaixo )



Bordo (Acer platanoides) - De grande porte e rápido crescimento, possui folhas lobuladas, que se colorem de vermelho ou amarelo durante o outono. As flores são amarelas e surgem na primavera. Adapta-se melhor aos climas de altitude, especialmente na região Sul.(foto abaixo )



Ailanto ou árvore-do-paraíso (Ailanthus altissima) - Apresenta copa ovalada e elegante, com folhas longas e acinzentadas. As árvores fêmeas produzem frutinhos vermelhos no outono. Adapta-se melhor às regiões Sul, Sudeste e Centro-Oeste.(foto abaixo )



Amérstia ou rainha-das-árvores (Amherstia nobilis) - De copa majestosa, produz folhas pinadas e pendentes, que apresentam-se rosadas quando novas. As flores vermelhas, com mesclas brancas, assemelham-se a orquídeas e aparecem em cachos durante a primavera. Desenvolve-se bem à meia-sombra ou sol pleno.(foto abaixo)



Carambola (Averrhoa carambola) - Árvore tropical que apresenta crescimento lento. Produz frutos amarelos e carnudos no verão. Indicadas para a formação de sombras.Floresce o ano todo.(foto abaixo)



Pata-de-vaca (Bauhinia sp.) - Pelo seu pequeno porte, é especialmente indicada na arborização de ruas. Suas flores, que variam do branco ao vinho, lembram pequenas orquídeas.(foto abaixo)



Bétula (Betula) - Árvore de copa aberta, com folhas que se tornam amarelas no outono. As flores aparecem no início da primavera. Na maturidade, apresenta a parte lenhosa do caule bem esbranquiçada, tornando-se muito decorativa. Adapta-se melhor aos climas de altitude.(foto abaixo)



Pau-de-ferro ou pau-ferro (Caesalpinia ferrea var. parviflora) - Apresenta tronco de aspecto decorativo, por ser envolvido por uma fina casca. Produz cachos terminais, com pequenas flores amarelas, durante o verão. No final do inverno, produz frutos achatados e alongados. Desenvolve-se bem sob sol pleno ou à meia-sombra.(foto abaixo)



Sibipiruna (Caesalpinia peltophoroides) - Árvore de copa densa, arredondada e irregular. Produz folhas compostas, leves e brilhantes. As flores, amarelas e delicadas, surgem em cachos eretos.(foto abaixo)



Cássia-imperial, chuva-de-ouro (Cassia fistula) - De porte médio, apresenta folhagem leve, que cai durante o inverno ou períodos secos. As flores, de intenso amarelo-dourado, surgem em longos e elegantes cachos pendentes. Produz frutos cilíndricos. Desenvolve-se melhor sob sol pleno.(foto abaixo)